PlugMinas apresenta Festival Partes de um só


Publicado 1 semana(s) atrás por TI
em 07/12/2017


Nos dias 7 e 9 de dezembro, quinta (de 18h às 20h15) e sábado (de 16h às 20h), o PlugMinas apresenta o Festival Partes de um só, que marca a formatura dos estudantes dos cursos de artes do núcleo Valores de Minas, do Centro Interescolar de Cultura, Artes, Linguagens e Tecnologia (Cicalt). O evento é gratuito e contará com apresentações de várias linguagens artísticas, como teatro, dança, performances física e audiovisual; lançamento de obra literária; circo, música e oficina de vivências artísticas. O festival acontece no PlugMinas, que fica na Rua Santo Agostinho, 1441, Bairro Horto, em Belo Horizonte. Os interessados devem chegar 30 minutos antes do início das apresentações para retirar os ingressos. 
 
Os 12 produtos culturais que serão compartilhados com o público culminam o processo de criação de 50 jovens estudantes do módulo III, último ano letivo da escola livre de artes do Valores de Minas. Tendo a ocupação artística da cidade como objetivo, a ideia do festival é transformar o espaço escolar do Valores de Minas num espaço de trocas culturais entre os diversos coletivos de jovens que se unem para formar “Partes de um só”.
 
Valores de Minas
 
O Valores de Minas integra o Centro Interescolar de Cultura, Artes, Linguagens e Tecnologia (Cicalt), da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais. É também um núcleo integrante do PlugMinas. Desde 2005, oferece aos jovens estudantes o contato com cinco linguagens artísticas: Artes Visuais, Circo, Dança, Música (Canto, Harmonia e Percussão), Teatro, com aulas também de História da Arte e Produção Audiovisual.

Para participar basta ter entre 14 e 24 anos, estudar em alguma escola pública de Belo Horizonte ou Região Metropolitana (RM), ou então ter se formado na rede pública de ensino de Minas Gerais e morar em BH ou RM. O processo seletivo é aberto duas vezes por ano, no inicio do semestre letivo, pelo site do PlugMinas.
 
SERVIÇO
 
Festival "Partes de um só"
QUANDO: 7 (quinta, de 18 às 20h15) e 9 (sábado, 16h às 20h) de dezembro
ONDE: VALORES DE MINAS (PLUGMINAS): Rua Santo Agostinho, 1441, Horto - Belo Horizonte, MG
EVENTO NO FACEBOOK: https://www.facebook.com/events/1745193115552558/
 
PROGRAMAÇÃO
 
Quinta | 07 de dezembro
 
18h: Exulansis (performance)
SINOPSE: Tender. Desistir. Falar. Experienciar. Incapacitar. Relacionar. Do valor significativo do silêncio e investigação sobre quais são as formas alternativas de contar, relatar, dialogar.

ONDE: Teatro
Duração: 60 minutos
Criação e Performer: Luc Souza
Classificação etária: 14 anos
 
19h: Mulheres de Impacto (circo)
 
SINOPSE: espetáculo em construção que aborda em cenas curtas e nas especificidades das artes do circo, o equilibrismo diário feminino, a força da mulher contemporânea frente as imposições sociais de conduta feminina para manter o machismo e sua liberação dessas amarras sociais, estéticas e de gênero.

ONDE: Circo.
Duração: 45 minutos
Classificação etária: 12 anos
Coletivo: Grupo Circense Impacto
Direção Geral: Jocasta Roque
Elenco: Jocasta Roque, Pretah Silva, Priscy Almeida, Nayara Rose
Músico convidado: Gustavo Elias
 
19h30 : Nos limites da loucura (teatro e audiovisual)
 
Sinopse: Pessoas fora de si ou pelo menos é o que a sociedade quer que “eles”, no caso nós, acreditem que são. Sobre a loucura das pessoas internadas aqui, num lugar onde parece ser tudo normal, mas será que é mesmo? Onde um(a) homem/mulher enlouquece em busca de sua filha e acaba sendo pai e mãe e é submetido a tudo e tido(a) como louca(o), da mesma forma uma filha de astrônomos que sofreu um acidente e esta presa dentro de si mesma, e um rapaz que é forçado a engolir a moral imposta e o conhecimento para ser orgulho da família. O que interessa mesmo não é mais os seus estados emocionais, e sim se estão bem amarrados consumindo vários remédios, que não promovem cura e sim o aprisionamento mental. Apenas os mantém afastados e nada mais.
 
ONDE: LCM
Duração: 50 min
Classificação etária: 12 anos
Coletivo Orate
Elenco: Anderson Silva, Rodrigo Santos, Paula Verena, Victor Rafael e Giacomo Guilherme
 
20h15 : NI ILÊ (teatro, musica e dança)
 
SINOPSE: "Folhas secas caem ao chão, nossas
memórias retornam". Através do diálogo entre dança, texto e música, o coletivo Odara traz Ni ILê, um trabalho sobre ancestralidade afro-brasileira, as três formas de amor, e a SUA forma de amar, usando dos elementos naturais como fio condutor de experiências sensoriais.

ONDE: Gramado atrás do NPG
Duração: 45m
Classificação etária: livre
Coletivo Odara
Integrantes: Ana Hilário, Lucas Silva, Yuri Christian, Igor Lelis
 
Sábado | 09 de dezembro
 
16h: Despertar Artístico (Oficina)
 
SINOPSE: objetiva trabalhar dinâmicas coletivas através da experimentação das áreas de artes visuais, circo, dança, música e teatro, aliadas ao diálogo, à horizontalidade e ao respeito.

ONDE: LCM
Duração: 1h
Classificação etária: 12 anos
Coletivo Começarte. Equipe: Ariel Guimarães, Davi Venâncio, Izabelle, Santiago, Kelvin Chaves, Patrícia Morais, Richard Borges e Rodrigo Santos.
 
17h15: A Paísana (Teatro e audiovisual )
SINOPSE: Um olhar sobre a realidade de uma juventude silenciada. A performance musical transita pelo teatro e o audiovisual, trazendo o foco ao olhar confuso de uma juventude que engole uma maré de (0s) zeros,(1s) ums, pixels, cores, luzes, fumaça e ruído, e canta, hora de uma maneira agressiva, hora sutil, os delírios do jovem contemporâneo.

ONDE: Teatro.
Duração: 45 minutos
Classificação etária: 12 anos
Coletivo Silencífera
 
18h: Anjxs apresenta X (Música e audiovisual)
 
SINOPSE: Vindos direto do paraíso, os Anjxs rebelados contam a história de "X" num show que mistura música eletrônica brasileira e um visual de outro mundo. Os interpretes Ajota e José Lito revezam os vocais em músicas de sua própria autoria e produção.
 
ONDE: Circo.
Duração: 45 minutos
Classificação etária: 12 anos
Direção Geral e Audiovisual: Ajota
Músicos, composição e produção executiva: José Lito (Voz) e Ajota (Voz e programação);
Figurino: José Lito
Coreografia: Richard Borges
 
19h: Trajetória (Teatro)
 
SINOPSE: “Trajetória ” é um espetáculo que visa homenagear, motivar e incentivar a luta diária das pessoas que vivem em periferias, através de uma peça teatral, onde suas histórias foram a principal base de criação. Baseado nas histórias e ideias do coletivo, criamos uma peça que passa desde o dramático até a comédia.
 
ONDE: Casa Verde.
Duração: 30m
Classificação etária: 12 anos
Coletivo Oxxes
Atores: Alexia Souza, Bruno Kelvin, Iris Soares, Jean Victor, Joyce Alves e
Pedro Coutinho.
Figurino: Breno Ferreira.
Roteiro e Dramaturgia: Pedro Coutinho.
Iluminação: Bruno Kelvin.
Operação de Som e Luz: Breno Ferreira e Giulia Braga.
Fotografia: Paulo Henrique.
Produção: Giulia Braga.
 
19h30: De todos os domingos eis o que restou (performance e audiovisual)
 
SINOPSE: “De todos os domingos, eis o que restou" é uma performance audiovisual que traz um fluxo de ideias e pensamentos acerca de rompimentos de laços afetivos, estar só e observar determinadas situações sob um novo olhar, utilizando a cidade de BH como intermédio de fala. A performance teatral de 20 minutos é composta pela projeção do vídeo Reflexão, da obra audiovisual intitulada "Diário não diário".
 
ONDE: Frente do Circo. Duração:20 minutos
Criação e Performer: Bárbara Silva
Classificação indicativa: 12 anos
 
20h: Cartas para Caronte (teatro)
 
Caronte guia o público em um cortejo pelo submundo narrando cartas escritas por Cristina, que sofre com alguns transtornos, sentindo-se culpada por fantasmas de seu passado.
 
ONDE: Em frente ao LCM.
Horário 20h
Duração: 40 minutos.
Classificação indicativa: 14 anos.
 
Coletivo QUATTOUR.
Texto: Victor Santos.
Direção: Lenine Martins e Renato Gaia.
Elenco: Victor Santos, Verônica Souza, Matheus Smit, Shayenne Alves, Larissa Nascimento, Douglas Santana, Yara Brandão, Carla Vitória, Lucas Patrick, Ana Letícia, Michele Duarte, Lara Louzada, Jennifer Bruna, Kariely Soares, Gustavo Lima, Erick Vinícius, Luiz Philipe.
Pesquisa de figurino e paleta de cores: Klefus Albuquerque.
Preparação corporal: Victor Santos.
Música: Ana Hilário.
 

Tem alguma dúvida, sugestão ou elogio? Envie sua questão através do Plug Escuta e aproveite esse canal de comunicação com o Plug Minas!